Novo Banco ganha folga de 550 milhões de euros

Banco de Portugal esclarece que responsabilidade contraída pelo BES junto da luxemburguesa Oak Finance não passou para o Novo Banco.

O Novo Banco não é responsável pela dívida contraída pelo Banco Espírito Santo perante a Oak Finance Luxembourg. A decisão foi tomada pelo conselho de administração do Banco de Portugal e terá um impacto positivo nas contas do banco de 548,3 milhões de euros, comunicou hoje à CMVM a instituição liderada por Stock da Cunha.

"O Novo Banco informa que foi notificado da deliberação do Conselho de Administração do Banco de Portugal, de 22 de Dezembro de 2014, que determina que, com efeitos a 3 de agosto de 2014, a responsabilidade contraída pelo Banco Espírito Santo perante a Oak Finance Luxembourg S.A., não foi transferida para o Novo Banco", lê-se no comunicado, que acrescenta que esta decisão tem "um impacto positivo em reservas no Novo Banco de 548,3 milhões de euros".

O Oak Finance Luxembourg foi um veículo financeiro montado pela Goldman Sachs, a pedido do Banco Espírito Santo, depois de ter sido afastado dos mercados devido ao agravamento da situação do Grupo Espírito Santo. 

Esta responsabilidade, ao não ficar no universo Novo Banco - liderado por Eduardo Stock da Cunha - significa que é menos um compromisso a ter de pagar, gerando essa folga em reservas.

fonte:http://economico.sapo.pt/n

publicado por adm às 21:51 | comentar | favorito