Santander Totta emite 750 milhões de euros em obrigações hipotecárias

O Santander Totta colocou hoje no mercado 750 milhões de obrigações hipotecárias tendo pago uma taxa de juro de 1,625% (mid-swap +93pb).

Segundo o banco, o valor pago "representa um custo de emissão inferior ao da República Portuguesa em 89pb", adiantou em comunicado o Santander Totta.

No entanto, há que salientar que as emissões são diferentes. Embora a última emissão da República tenha tido o mesmo montante e prazo (e a "yield" - taxa de rentabilidade da obrigação- ficou nos 3,575%), no caso do Santander Totta a emissão tem como colateral hipotecas residenciais.

?"O sucesso desta emissão, que é já a segunda do Santander Totta desde o inicio do ano, vem sublinhar a acrescida confiança que os investidores estão a demonstrar na nossa instituição e no nosso país. Ambas as emissões foram colocadas com custos de emissão que são os melhores para os respectivos prazos e, significativamente inferiores à referência equivalente soberana", afirmou António Vieira Monteiro, presidente do Santander Totta.

"A redução do custo de funding reflecte também o maior interesse dos investidores internacionais por activos financeiros portugueses", adiantou, em comunicado, o Santander Totta.

Os bancos portugueses já emititam mais de quatro mil milhões de euros desde o início do ano, em obrigações hipotecárias e dívida sénior, a que acrescem mais de seis mil milhões de euros em títulos de dívida pública de médio e longo prazos.

"A descida dos custos de financiamento permite também ao sector financeiro melhorar as condições de financiamento do sector privado, o que se tem reflectido numa descida gradual, mas sustentada dos spreads praticados no crédito a empresas: no último ano, o spread médio no novo crédito concedido a sociedades não financeiras, com montante inferior a 1 milhão de euros, já se reduziu em cerca de 60pb", conclui o banco.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/

publicado por adm às 22:12 | comentar | favorito