Famílias depositam menos dinheiro no banco

As famílias depositaram menos dinheiro nos bancos em agosto. Os depósitos caíram para 131.397 milhões de euros, depois de terem estado dois meses consecutivos a subir.

Segundo o Boletim Estatístico do Banco de Portugal, os depósitos de particulares fixaram-se em 131.397 milhões de euros nesse mês, menos 1.078 milhões do que em julho (0,81%).

Já em relação a agosto de 2011, os depósitos das famílias nos bancos a operar em Portugal aumentaram em 4.386 milhões de euros (3,45%).

No que toca às empresas, o mesmo cenário: os depósitos também caíram 0,47% entre julho e agosto para 29.792 milhões de euros. 

Ao contrário dos depósitos de particulares, que até subiram na variação anual, os das empresas caíram 0,67% entre agosto de 2011 e o mesmo mês deste ano.

O Boletim Estatístico do Banco de Portugal revela, ainda, que osportugueses fogem cada vez mais ao pagamento dos empréstimos contraídos aos bancos que, por sua vez, concedem cada vez menos crédito. 

Ainda segundo o BdP, o endividamento total dos setores público e privado de Portugal (excetuando a banca) atingiu os 432,1% do Produto Interno Bruto no final do primeiro semestre e o défice da balança corrente caiu 80%.

fonte:;http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

publicado por adm às 22:30 | favorito