Crédito bancário já só pesa 126% dos depósitos

O vice-governador do Banco de Portugal defende maior relação entre auditores e reguladores.

"A evolução do crédito e o aumento dos depósitos tem vindo a diminuir o diferencial entre crédito e depósitos no sistema", disse ontem o vice-governador do Banco de Portugal (BdP). Pedro Duarte Neves anunciou que, pela primeira vez, em Setembro o rácio de transformação dos depósitos em créditos dos oito maiores bancos portugueses atingiu os 126%.

"Para os oito maiores grupos bancários, o rácio de transformação encontra-se já bastante aproximado do valor indicativo de 120%", disse elogiando o sector que supervisiona.

Pedro Duarte Neves centrou a sua apresentação, que abriu a conferência do X Fórum Banca, na Supervisão Prudencial, área de que é responsável no banco central. O reforço da acção supervisiva para o regulador bancário passa por confirmar a avaliação que os bancos fazem dos seus activos, "não apenas numa perspectiva estática, mas também numa visão prospectiva em cenário de base ou stress". 

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 23:59 | comentar | favorito