BES emite 400 milhões em obrigações indexadas ao Bradesco

Emissão de obrigações permutáveis vence em 2015. Oferta particular dirigida a investidores qualificados

O Banco Espírito Santo (BES) anunciou esta quarta-feira o lançamento de uma emissão obrigacionista permutáveis em ações do banco brasileiro Bradesco de 400 milhões de dólares (308 milhões de euros) e que pode ser aumentada até 450 milhões de dólares.

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o banco liderado por Ricardo Salgado refere que a emissão de obrigações permutáveis vence em 2015 e é uma oferta particular dirigida a investidores qualificados.

As obrigações permutáveis serão «emitidas pelo BES Finance Ltd e terão direitos de troca, indexados ao valor das ações ordinárias do Banco Bradesco, S.A.», diz o comunicado, adiantando que as mesmas obrigações «serão garantidas de forma incondicional e irrevogável pelo BES, agindo através da sua sucursal de Londres».

O BES indica também que é beneficiário económico «de cerca de 25 milhões de ações ordinárias do Banco Bradesco» e que o encaixe líquido da emissão «será utilizado para as necessidades gerais de financiamento do Grupo BES».

A Lusa acrescenta que esta operação tem também como objetivo alargar a maturidade de uma outra emissão obrigacionista permutável de ações do Bradesco que acaba a maturidade no próximo ano.

O comunicado indica que o montante atual da emissão de obrigações permutáveis são de 950 milhões de dólares, com taxa de juro de 1,625% e maturidade em 2013 e que o «BES continuará a fazer uma gestão ativa da sua dívida podendo, eventualmente, proceder à recompra adicional de Exchangeable Bonds 2013».

As obrigações permutáveis «deverão ser emitidas com um cupão semestral de entre 3,00% a 3,50% ao ano e com um prémio de conversão de 18% a 23% sobre um preço de referência», refere o comunicado, acrescentando que a liquidação deverá ocorrer em 6 de Dezembro de 2012 ou em data próxima.

O Citigroup, o Espírito Santo Investment Bank e a Morgan Stanley constituem o sindicato bancário da emissão.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 20:32 | comentar | favorito