BES vai cortar mais 200 postos de trabalho

O BES quer cortar este ano mais de 200 trabalhadores em Portugal, o que vai acontecer através de rescisões amigáveis e reformas, disse esta terça-feira o presidente do banco, Ricardo Salgado.


"Temos o objetivo de que saiam 224 pessoas este ano, no mercado doméstico, em 2013. Com isto deveremos manter num nível de eficiência elevado e fazer face às necessidades de crescimento que temos", disse Ricardo Salgado, na conferência de imprensa de apresentação dos resultados de 2012, na sede do banco, em Lisboa.

O ano passado, o BES registou um resultado líquido de 96,1 milhões de euros em 2012, o que compara com o prejuízo de 108,8 milhões de euros no ano anterior.

O banqueiro avançou que essa redução de trabalhadores acontecerá de forma amigável, "como sempre acontece nesta casa".

O BES chegou ao fim de 2012 com 7.477 trabalhadores em Portugal, menos 136 do que em 2011. Já se for tido o efeito da consolidação da BES Vida (cuja totalidade da seguradora o banco comprou em maio), a saída líquida de trabalhadores foi menor, de 60 pessoas.

Na atividade internacional, o número de trabalhadores aumentou em 141 para 2.467 (tendo sido o principal criador de emprego o BES Angola, com mais 118 trabalhadores).

No total, entre atividade doméstica e internacional, o BES fechou 2012 com 9.944 trabalhadores, mais 81 do que em 2011.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/n


publicado por adm às 22:09 | favorito