Banca pediu menos dinheiro ao BCE em Maio

A banca portuguesa recorreu menos ao financiamento do Banco Central Europeu em Maio, que já não compra dívida pública há dez semanas. 

A cedência de liquidez baixou 1,7% para 47.204 milhões de euros, quando em Abril o BCE tinha emprestado 48.009 milhões de euros aos bancos nacionais, segundo os dados do Banco de Portugal.

De qualquer modo, estes valores são historicamente altos, uma vez que não estão muito longe do recorde alcançado em Julho e depois em Agosto de 2010 (48.834 milhões de euros e 49.124 milhões, respectivamente). 

Os constantes pedidos de empréstimos ao BCE reflectem as dificuldades que a banca tem tido em aceder ao mercado moentário interbancário. O mesmo tem acontecido com outros países periféricos europeus, com dívidas e défices públicos que preocupam os investidores. 

As agências de notação financeira não estão optimistas quanto à grande dependência dos bancos portugueses junto da instituição liderada por Jean-Claude Trichet. A Fitch não tem dúvidas de que ela vai continuar e a Moody`s já avisou que a banca vai ficar em apuros por mais ano e meio. 

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt

publicado por adm às 23:25 | favorito