Crédito malparado vai continuar a penalizar resultados dos bancos

Alerta é feito pelo governador do Banco de Portugal. Carlos Costa diz que o incumprimento vai prosseguir nas empresas de serviços.

O crédito malparado está na origem da queda dos lucros dos bancos portugueses, afirma o governador do Banco de Portugal. 

Carlos Costa não tem dúvida de que o problema do incumprimento vai prosseguir nas empresas de serviços.

“Vão apresentar perdas, em primeiro lugar, porque vão reflectir no seu balanço a degradação da situação económica. Isto no jargão técnico chama-se imparidades, isto é, crédito malparado”, disse o governador na conferência “Portugal pós-troika, desafios – Oportunidades e o papel da banca no financiamento da economia”.

Carlos Costa explica que “o incumprimento está a surgir de sectores que estão a sofrer o grande ajustamento estrutural da economia portuguesa, que são os sectores de bens não transaccionáveis para os quais está a haver uma quebra de procura”.

O governador do Banco de Portugal avisa que essa descida “vai ser duradoura, porque essa procura dependia muito do grau de endividamento que não poderá continuar a ser aquele que era no passado”.

fonte:http://rr.sapo.pt/i


publicado por adm às 23:03 | comentar | favorito