Venda do Banif Brasil arranca depois do Verão

O Banif vai iniciar depois do verão o processo de venda da operação que tem no Brasil, disse hoje à Lusa o presidente do Banif, adiantando que há já interessados para o banco que tem em Cabo Verde.

"O processo (para a venda do Banif Brasil) será iniciado no final de Setembro, início de Outubro", disse hoje à Lusa o presidente do Banif, Jorge Tomé, adiantando que o Crédit Suisse está a ajudar o banco nesta alienação.

O Banif tem tido problemas com a operação no Brasil, que tem contribuído de forma significativa para os prejuízos que o banco tem apresentado.

Decorre ainda uma acção de responsabilidade civil contra ex-directores do Banif no Brasil, depois de auditorias internas terem detectado "indícios de irregularidades" na sequência de auditorias.

Mais adiantado está o processo para a venda da operação de Cabo Verde, tendo já sido enviada informação sobre o Banco Cabo-verdiano de Negócios (BCN) a potenciais compradores.

"Temos interessados, mas temos de aguardar", disse Jorge Tomé.

Quanto ao banco que o Banif tem em Malta, Banif Bank, o responsável disse que ainda é "um ponto de interrogação" o que será feito.

O plano de reestruturação que o Banif está a negociar com Bruxelas, apesar de ainda não ter sido fechado, vai obrigar o Banif reduzir a sua actividade até 2017 e a desinvestir da maior parte das unidades que tem no estrangeiro, designadamente Brasil, Malta, Estados Unidos, Cabo Verde, Bahamas e ainda Banif Mais Internacional e Banca Pueyo (Espanha).

A excepção é o negócio da emigração, onde o banco está autorizado a apostar.

Jorge Tomé disse também hoje à Lusa que o Banif tem uma base de clientes "importante" nas comunidades emigrantes da Venezuela, África do Sul, Canadá e Estados Unidos "que é para continuar e para reforçar".

fonte:Lusa/SOL

publicado por adm às 20:26 | comentar | favorito
tags: