Partidos devem oito milhões à banca

Quatro dos cinco partidos com assento na Assembleia da República encerraram o ano passado com uma dívida à Banca superior a oito milhões de euros, uma verba que corresponde a 43% do passivo total de 18,5 milhões de euros das cinco forças políticas. O PS é o mais endividado: 7,1 milhões de euros. 

 

Os dados sobre as contas partidárias de 2010, divulgados esta semana no site da Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP), deixam claro que o PS obteve o financiamento bancário mais alto: mais de 3,9 milhões de euros.

O restante crédito bancário foi obtido pelo PCP, no valor de três milhões de euros, pelo CDS-PP, de quase 821 mil euros, e pelo BE, de cerca de 279 mil euros. O PSD não recorreu ao crédito bancário.

Os cinco partidos apresentaram lucros, mas o PS reduziu-os em quase 2,1 milhões de euros em face a 2009. PSD e PCP tiveram também uma quebra no lucro em relação ao ano anterior. Já o CDS-PP e o BE aumentaram os lucros.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/

publicado por adm às 23:17 | comentar | favorito