Banca paga mais pelas poupanças das famílias

Os juros dos depósitos das famílias voltaram a aumentar, ao contrário do que aconteceu com as aplicações das empresas. A taxa média subiu, em Fevereiro, para o nível mais elevado desde Janeiro de 2009. O juro médio pago pela banca pelos depósitos dos particulares, até um ano, aumentou pelo nono mês consecutivo, fixando-se em 2,82%, segundo o Banco de Portugal. 

Este comportamento tem levado ao aumento dos depósitos pelas famílias, que em Fevereiro colocaram nos bancos 9,1 mil milhões de euros. É um aumento de 52% face ao mesmo mês do ano passado. 

Já quando comparado com Janeiro, a evolução é negativa, tendo havido uma queda de 4,67%, ou seja, menos 447 milhões de euros. Uma evolução justificada, em parte, pelo aumento dos impostos e pela quebra de rendimentos, nomeadamente dos funcionários públicos. 

Ao contrário do que aconteceu com as poupanças das famílias, a rendibilidade das aplicações feitas pelas empresas voltou a cair, pelo segundo mês consecutivo. Fixou-se, em Fevereiro, em 3,02%. 

No total, as empresas e famílias colocaram nos bancos cerca de 18 mil milhões de euros em depósitos, no mês de Fevereiro, mais 40,5% do que no ano anterior.

fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/
publicado por adm às 19:36 | comentar | favorito