Cavaco critica exigências da troika aos bancos

O Presidente da República considera que o que está a ser exigido aos bancos portugueses é superior aos bancos de outros países.

"Penso que o aperto ao nível do crédito está a ser excessivo", afirmou hoje Cavaco Silva, em entrevista à TVI.

O Presidente disse que "as exigências colocadas neste momento aos bancos portugueses estão a ser superiores às que estão a ser colocadas a bancos de outros países". "Talvez aqui a troika tenha ido demasiado longe", frisou.

Apesar de tudo, Cavaco Silva espera que os bancos nacionais continuem a financiar as empresas portuguesas, sobretudo as PME e as que demonstrem capacidade exportadora.

Sobre o plano de privatizações levado a cabo pelo Governo, o Presidente da República espera "o processo e caderno de encargos das privatizações seja preparado com muito cuidado" e que sirvam os interesses económicos e estratégicos do país. Nesse sentido, foi claro: "Ao desbarato, nunca!".

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 22:33 | favorito
tags: