Rentabilidade dos bancos nunca foi tão baixa

A rentabilidade dos bancos portugueses está em mínimos históricos, revela o Relatório de Estabilidade Financeira divulgado esta terça-feira pelo Banco de Portugal (BdP), muito por causa dos impactos do contexto económico e financeiro. Recorde-se que, no terceiro trimestre deste ano, os principais bancos portugueses registaram já prejuízos, com excepção para o BPI.

«No decurso de 2011, a rendibilidade foi particularmente afectada pela diminuição dos resultados em operações financeiras (reflectindo perdas registadas em operações de venda de activos e desvalorizações de títulos) e pelo aumento das provisões e imparidades associadas ao crédito, num contexto de forte materialização do risco de crédito [possibilidade de particulares ou empresas não pagarem o capital em o empréstimo concedido]».

Uma situação que não antecipa grandes melhorias no curto ou médio prazo, já que a deterioração das condições internas não deverá registar grande evolução positiva. Para o BdP, os bancos podem por isso refugiar-se na actividade internacional, que poderá minimizar estes resultados, ao «exercer um efeito em sentido oposto».

«No médio prazo, as perspectivas favoráveis para a actividade económica de países onde os grupos bancários portugueses detêm posições importantes (Angola, Brasil, Moçambique) deverão continuar a suportar o crescimento da actividade internacional e, consequentemente, o aumento do seu peso nos resultados do sistema bancário português», pode ler-se no relatório.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/fi

publicado por adm às 22:36 | comentar | favorito
tags: