BES necessita reforçar imparidades em 104 milhões

O BES anunciou esta sexta-feira ter actualmente necessidade de registar imparidades adicionais de 104 milhões de euros, depois de concluídas as inspecções da troika à carteira de crédito dos oito principais bancos.

A informação consta de um comunicado do Banco Espírito Santo divulgado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) sobre os primeiros resultados das inspecções exigidas pela troika, que abrangeu a avaliação de créditos no valor de 44,1 mil milhões de euros (85% do total da carteira de crédito do grupo), e no qual se concluiu «existir uma necessidade de reforço de 125 milhões de euros», dos quais 21 milhões tinham sido já provisionados, em Setembro, o que significa que as necessidade actuais somam 104 milhões de euros.

O BES diz que «o impacto agregado destes resultados na avaliação da solvabilidade do grupo, a 30 de Junho, traduzir-se-ia numa ligeira redução do rácio de Tier 1, de 9,2 por cento para 8,9 por cento, mantendo-se acima do mínimo de oito por cento exigido naquela data».

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 23:40 | favorito
tags: