Quatro maiores bancos tiveram prejuízos acima de 1.500 milhões

Os quatro maiores bancos a operar em Portugal tiveram em 2011 prejuízos históricos de 1.523 milhões de euros, 5,8 milhões por dia, de acordo com os resultados apresentados pelas instituições nas últimas duas semanas, que contrastam com os lucros do ano anterior.

Os prejuízos de 2011 comparam com o exercício de 2010 em que os mesmos bancos lucraram 1.242 milhões, ou 4,7 milhões de euros por dia.

A lista dos piores resultados em 2011 é encabeçada pelo BCP com um prejuízo de 786 milhões de euros, seguido da Caixa Geral de Depósitos, que perdeu o ano passado 488,4 milhões de euros. Já o BPI teve um resultado negativo de 203,9 milhões e o BES de 108,8 milhões de euros.

O Santander Totta foi a única instituição bancária a impedir maiores danos nos resultados da banca, ao conseguir o ano passado um lucro de 64,1 milhões de euros, ainda assim muito longe dos 439,6 milhões de euros de 2010.

Os bancos privados atribuíram os prejuízos de 2011 sobretudo a factores extraordinários, como as perdas decorrentes da transferência dos fundos de pensões e da exposição à dívida grega, enquanto o banco público foi penalizado pelos títulos gregos que detém mas também pela queda significativa da bolsa no ano passado, uma vez que a CGD tem participações de relevo em várias cotadas portuguesas, como a Portugal Telecom, o BCP, a Brisa ou a Zon.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 22:57 | favorito
tags: