Financiamento do BCE à banca pode acabar este mês

O financiamento de longo prazo que o Banco Central Europeu (BCE) disponibilizou à banca europeia, pode estar prestes a esgotar-se. O Deutsche Bank acredita que a segunda ronda de empréstimos a três anos, marcada para o fim deste mês, pode ser a última do programa.

A verificar-se a previsão do economista chefe do banco alemão, Thomas Mayer, este «corte» abrupto de financiamento aos bancos pode apanhar o mercado de surpresa, já que existe a convicção de que o programa continuaria pelo resto do ano.

«Prevemos que os membros do conselho do BCE que têm uma linha mais dura, provenientes sobretudo de países com rating de triplo A, se oponham à continuação destas generosas LTRO, advogando que essas operações reduzirão a pressão sobre os governos e os bancos para que façam os ajustamentos necessários», diz o responsável, citado pela Bloomberg.

Por isso, o Deutsche Bank prevê o fim das operações, a menos que «a crise do euro se agrave significativamente».

Nestas operações, o BCE empresta aos bancos europeus o montante pedido (ilimitado) desde que os bancos apresentem garantias suficientes e elegíveis para o efeito. Tem sido através deste mecanismo que os bancos dos países financeiramente mais vulneráveis, com maiores dificuldades de acesso ao mercado interbancário, se têm financiado.

Na primeira ronda do programa, realizada em Dezembro, o BCE emprestou-lhes 489 mil milhões de euros.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 20:02 | comentar | favorito
tags: