Faria de Oliveira vai ser o novo patrão da banca nacional

Fernando Faria de Oliveira, actual ‘chairman’ da CGD, vai substituir António de Sousa à frente da Associação Portuguesa de Bancos.

Fernando Faria de Oliveira deverá ser o novo presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB). Segundo sabe o Diário Económico, o ‘chairman' da Caixa Geral de Depósitos (CGD) deverá ser o nome proposto para ocupar o lugar na Assembleia Geral (AG) de Abril .

A decisão de não renovar o mandato de António de Sousa terá sido tomada há cerca de um mês, uma vez que o responsável quer concentrar-se na actividade da ECS Capital - sociedade gestora de fundos de capital de risco - que tem vindo a ganhar dimensão nos últimos tempos. O nome de Faria de Oliveira reúne o consenso da direcção da APB, sabe ainda o Diário Económico, mas terá ainda de ser transmitido oficialmente aos associados, o que estava previsto acontecer na próxima semana.

Numa altura em que a banca enfrenta provavelmente o maior desafio da sua história, a escolha teria de recair sobre alguém com peso no sector. Com a ajuda externa a Portugal, uma conjuntura económica muito negativa e a crise da dívida soberana europeia, a banca tem de fazer face a enormes dificuldades no acesso a financiamento e às exigências impostas pela troika internacional, que traçou metas de capital e liquidez para os oito maiores bancos nacional. A este quadro juntam-se as duras imposições definidas no ano passado pela Autoridade Bancária Europeia (EBA) ao sector bancário europeu. 

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 00:26 | comentar | favorito