BES aumenta capital até mil milhões de euros

BES anunciou hoje que aumento de capital ascende a mil milhões de euros, valor já assegurado por accionistas e sindicato bancário.

O Banco Espírito Santo (BES) informou hoje o mercado que vai realizar um aumento de capital de até mil milhões de euros por entradas em dinheiro. O objectivo é reforçar os seus rácios de capital de acordo com as exigências das autoridades internacionais. A operação já tinha sido anunciada mas o valor só hoje foi conhecido. Parte do aumento de capital será canalizada para financiar a compra de metade do BES Vida ao Crédit Agricole.

"O Conselho de Administração do Banco Espírito Santo deliberou hoje um aumento de capital social por novas entradas em dinheiro a realizar através de subscrição pública com respeito pelo direito de preferência dos accionistas de até 2.556,7 milhões de acções, ao preço de subscrição de €0,395 por acção, o que permitirá um encaixe de até €1.010 milhões", lê-se num comunicado divulgado através do site da CMVM.

O banco calcula que, após este reforço de capital, o Core Tier I subirá de 9,21 para 10,75%, ficando assim acima da exigência de 10% do Banco de Portugal, que tem de ser cumprida até ao final deste ano. O sucesso do aumento de capital está assegurado, dado que 50,63% dos accionistas do BES já comunicaram a sua intenção de exercer a totalidade dos seus direitos de subscrição e que o sindicato bancário contratado para tratar da operação firmou um acordo que assegura a percentagem restante. Desse sindicato fazem parte BESI, Nomura, UBS, Citigroup, Credit Suisse e JP Morgan. Os maiores accionistas do BES são a BESPAR (35%), o Crédit Agricole (10%) e o Banco Bradesco (4,8%).

No mesmo comunicado, o BES anuncia que utilizará 225 milhões de euros do aumento de capital para comprar ao Crédit Agricole 50% da BES Vida, ficando assim com o controlo de gestão.

Na sessão de hoje as acções do BES desvalorizaram 0,26% para 1,167 euros, cotação que avalia o banco em 1,7 mil milhões de euros.

fonte:http://economico.sapo.pt/

publicado por adm às 23:19 | comentar | favorito