Lucro da Caixa cai 89% para 8,8 milhões

A CGD teve lucros de 8,8 milhões de euros no primeiro trimestre, uma quebra de 89 por cento face ao período homólogo do ano passado, numa conjuntura adversa que obrigou a um reforço significativo das imparidades e provisões do banco.

"O Resultado Líquido Consolidado atingiu 8,8 milhões de euros, não obstante o esforço de provisionamento acima referido, contra um montante de 83,5 milhões de euros registado no primeiro trimestre de 2011", segundo o comunicado enviado pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Ainda de acordo com esta nota, estes resultados alcançados pelo banco público entre Janeiro e Março traduzem "as condições económicas e financeiras adversas, que determinaram o registo, como custo de exercício, de provisões e imparidades no montante global de 329,7 milhões de euros".

Para a imparidade de crédito a CGD reservou 240,2 milhões de euros, enquanto as provisões e imparidades de outros activos líquidos (de que se destacam os títulos) foram de 89,5 milhões de euros.

Em declarações a Lusa, o presidente executivo da CGD, José de Matos, disse que neste trimestre "tudo correu bem" do ponto de vista da gestão do banco, "excepto a evolução da qualidade do crédito e reflexo nos resultados via imparidades". Para José de Matos, estes factores são consequência da situação económica nacional.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/


publicado por adm às 23:05 | comentar | favorito