Caixa Geral de Depósitos reforça fundos em 1650 milhões de euros

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai reforçar os seus fundos próprios em 1.650 milhões de euros de forma a cumprir os rácios de solvabilidade exigidos pelo Banco de Portugal até 30 de Junho deste mês.

 

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o banco estatal informa que, "no cumprimento das metas definidas no Programa de Assistência Económica e Financeira" e das exigências da Autoridade Bancária Europeia (EBA em inglês) quanto aos objectivos para o rácio de capital 'core tier 1', que terá de atingir os 9 por cento até final do mês, os fundos próprios da CGD "serão reforçados em 1.650 milhões de euros até ao final do corrente mês de Junho de 2012".

O banco liderado por José de Matos adianta que a repartição daquele montante entre acções e obrigações de conversão contingente "será definida oportunamente".

As obrigações de conversão contingente são instrumentos totalmente reembolsáveis pelos bancos que aderem ao plano de recapitalização ao longo de um período de cinco anos e que só em certos casos, designadamente de incumprimento ou falta de pagamento, são susceptíveis de conversão em acções.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/n


publicado por adm às 21:56 | comentar | favorito