BPI pede empréstimo ao Estado

O BPI vai pedir um empréstimo de 1500 milhões de euros ao Estado no âmbito do plano de recapitalização definido pelo Banco de Portugal, utilizando os 12.000 milhões de euros colocados à disposição na verba de resgate a Portugal.

 

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o BPI refere que a administração aprovou esta segunda-feira o plano de recapitalização "que visa reforçar os fundos próprios 'core tier 1' [que define a solvabilidade de uma instituição financeira], por forma a dar cumprimento ao previsto em recomendação da Autoridade Bancária Europeia (EBA em inglês)" e ao aviso do Banco de Portugal.

O plano de recapitalização do banco liderado por Fernando Ulrich compreende a emissão de obrigações de conversão contingente (chamadas "coco bonds") no valor de 1300 milhões, mais um aumento de capital de 200 milhões de euros. No total, o reforço dos capitais próprios será de 1500 milhões de euros.

O BPI apresenta este plano de capitalização para cumprir um rácio de solvabilidade "core tier 1" de nove por cento até 30 de Junho deste ano, "considerando a valorização a preços de mercado da dívida soberana a 30 de Setembro de 2011".

O banco refere no comunicado que, no seu caso, "o impacto da dívida soberana ascendeu a 1359 milhões de euros".

O plano de recapitalização inclui a subscrição pelo Estado, em 29 de Junho, "de instrumentos de dívida elegíveis para fundos próprios 'core tier 1' no montante de 1500 milhões de euros, que será reduzido para 1300 milhões de euros logo após a realização do aumento de capital", adianta o comunicado.

O aumento de capital, no valor de 200 milhões de euros e com direito de preferência dos accionistas, será realizado até 30 de Setembro.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/


publicado por adm às 22:32 | comentar | favorito
tags: