BPI: analistas esperam queda de 19% nos lucros

O BPI terá fechado o primeiro semestre do ano com uma queda de 19 por cento nos lucros, estimam os analistas contactados pela Reuters.

A média das estimativas de cinco analistas aponta para que o lucro líquido do terceiro maior banco cotado em Portugal se tenha fixado, entre janeiro e junho, em 64,5 milhões de euros, conta os 79,5 milhões de euros registados no mesmo período do ano passado.

Já numa ótica trimestral, é esperada também uma queda do lucro do banco liderado por Fernando Ulrich, entre abril a junho, de 26 por cento face ao mesmo período de 2011, para um total de 25 milhões de euros. Isto apesar de se prever que o banco tenha tido um ganho extraordinário de 20 milhões com a recompra de dívida no segundo trimestre de 2012.

A mesma poll antecipa uma margem financeira sob pressão em plena crise da Zona Euro e uma subida das imparidades de crédito devido à recessão da economia nacional. 

A unidade de Angola é, assim, encarada com a chave para a rentabilidade. Trata-se do maior mercado externo do BPI, onde detém uma posição maioritária no Banco Fomento Angola, e espera-se que tenha terminado o segundo trimestre com o lucro estimado de 19,3 milhões de euros.

O BPI é o primeiro banco a apresentar resultados - esta quarta-feira depois do fecho dos mercados - e deverá revelar o difícil ambiente em que se encontra a banca nacional, dependente do financiamento do Banco Central Europeu, e numa economia recessiva.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

publicado por adm às 21:31 | comentar | favorito
tags: