Caixa renegociou mais de 12.500 contratos de crédito à habitação no semestre

Banco público tem em curso sistema de contacto com devedores, que envolve mil contactos diários.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) realizou no primeiro semestre um total de 12.579 operações de alteração de contratos de crédito à habitação, disse ao NegóciosJosé de Matos (na foto), CEO do banco do Estado. 

A negociação com os devedores envolveu alargamentos de prazo, períodos de carência ou ajustamentos de “spread”, de forma a evitar uma execução da hipoteca por parte do banco.

Tendo em conta o nível de endividamento dos particulares na área do crédito à habitação, o banco tem em curso um sistema de contacto com devedores, no âmbito do qual faz 1.000 contactos por dia de forma a prevenir situações de incumprimento.

No primeiro semestre deste ano, o banco público registou imparidades de crédito de 483,3 milhões de euros, situação que se deve deteriorar até ao final do ano.

O crédito à construção e imobiliário e o crédito para compra de acções foi o que mais penalizou o balanço da CGD no semestre. 
fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/h
publicado por adm às 23:33 | comentar | favorito