BCP avança com aumento de capital de 500 milhões

O BCP anunciou nesta quarta-feira ao mercado as condições do aumento de capital de 500 milhões de euros, previsto no plano de capitalização aprovado pelas autoridades, com o preço das novas acções fixado nos 0,04 euros.


Após ter recebido a necessária 'luz verde' da assembleia-geral, a administração do banco deliberou aumentar o capital social de 3.000 milhões de euros para 3.500 milhões de euros, ou seja, um reforço de 500 milhões de euros, segundo um comunicado enviado pelo BCP à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Serão emitidas 12.500 milhões de novas acções, cujo preço foi determinado nos 0,04 euros por título. Inicialmente o banco tinha revelado que a emissão seria de 12.500.000 acções, corrigindo posteriormente a informação.

"É intenção do Millennium bcp dar início a esta oferta no mais breve prazo, mediante publicação, nos termos legais e após aprovação da CMVM, do respectivo prospecto e do aviso para o exercício de direitos de subscrição", lê-se no documento.

Este aumento de capital fazia já parte do plano de capitalização de 3.500 milhões de euros do BCP, anunciado no início de Junho.

Então, o banco liderado por Nuno Amado revelou que, para atingir um rácio de solvabilidade de 'core tier 1' de nove por cento até 30 de Junho - conforme exigência da supervisão aos principais bancos portugueses -, iria realizar um aumento de capital "destinado à subscrição pelos seus accionistas", com direito de preferência, no total de 500 milhões de euros.

A esta operação, detalhada, juntam-se mais 3.000 milhões de euros subscritos pelo Estado em obrigações de conversão contingente (chamadas "coco bonds"), a pagar pelo banco a cinco anos.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/


publicado por adm às 22:56 | favorito